The War Begins
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 The Power Of Darkness

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Dom Jan 02, 2011 2:30 pm

AAAAAH TA MUITO BOOOOM
ADOGUEEEEEEEI POHA ._.
Cadê o mendigo?
Ele é o principal
não é?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Dom Jan 02, 2011 4:33 pm

Suuuuuuuper bom *w* Posta maais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Seg Jan 03, 2011 4:35 pm

Idem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Seg Jan 03, 2011 5:51 pm

Eu não gostei do primeiro capitulo. u_u UEHWAIEHAWUEIAWHEUIWAUIEH
Mas a fic ta perfeita Jeff.. e.e
Posta mais seu puto. u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Seg Jan 03, 2011 8:33 pm

Muito boa!
Adorei a ideia da história, boa mesmo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Zeus
Deuses


Mensagens : 67
Data de inscrição : 02/11/2010

MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 12:18 am

Capítulo III – Passado Sombrio.



- Então o mendigo tem poderes? – Perguntou Gab, tomando uma xícara de chá.

Estavam todos sentados num sofá na casa de Jeff. Eram três sofás. O da esquerda, que ficava perto da porta, estava Gab. Que em frente, havia uma mesinha, onde as armas estavam. No lado direito, que estava em frente à mesinha, estava Amy, sentada com sua escopeta. E na do meio, perto da Janela, estava Jeff. Apenas observando os dois.

- Não. – Disse Amy, olhando pra Gab. – É que quando meu irmão faz alguma coisa bondosa, ele tem uns “ataques” por algum tempo, mas... Nunca foi tão forte assim.

- Entendo... Vocês me contaram como ele perdeu metade dos poderes, mas não contaram como tudo isso começou. – Gab olhou pra Jeff. – Como ganhou essa maldição?

- Conte sua história, primeiro, que eu conto a minha. – Jeff disse sorrindo um pouco.

Gab suspirou e tirou os óculos escuros do rosto. Seus olhos eram azuis, mas um pouco estranho. Era um pouco verde no lado direito e um azul claro no lado esquerdo.

- Beleza, eu conto. Mas antes... – Ele pegou a Dark-Blade que estava ao lado do sofá. – Não posso ficar com ela.

Jeff se levantou e andou até Gab. Pegou a Dark-Blade e a transformou numa pequena luz negra.

- Mostre a mão – Jeff falou, olhando pra Gabe.

Gab então estendeu a mão esquerda, e a luz foi até a palma de sua mão, e desapareceu.

- Use-a quando precisar. E pode dar outro nome pra ela, se quiser. – Jeff falou, se sentando no sofá.

- Obrigado... – Ele sorriu, olhando pra sua mão. – Bem, Eu sou um espadachim. Ok? O que querem saber?

- Só quero saber como ganhou essa pedra azul. – Falou Amy.

- Eu não sei. Meus pais adotivos me encontraram com essa pedra, ainda recém-nascido. Sim, eu fui adotado. Eu estava dentro duma lata de lixo. Assim que eu fui adotado, passei dois anos na casa deles, dos meus pais adotivos. Depois disso, eles desapareceram. Misteriosamente. Aí vim morar na casa da minha avó. Onde aprendi a lutar com a espada com um amigo chamado Phelipe McCartney. Ele também tinha uma espada, só que vermelha. Treinamos por quatro anos, até ele ir pra uma guerra. Ele não me contou onde era, mas sempre quando eu dormia, eu o via morrendo nos meus sonhos. Não sei como, eu via tanques, eu via pessoas morrendo, aviões, explosões... Eu não sabia o que fazer. Então resolvi tirar umas férias dos treinos e do colegial. E agora estou aqui, com um herói maléfico e sua irmã, bem linda... Er... Só isso mesmo.

Amy estava corada e mal conseguia falar.

- Er... Isso foi... Assustador – Ela batia palmas e os outros dois olhavam pra ela. – Bem, a História do Jeff...

- Não sei se é uma boa hora – Jeff interrompeu Amy. – Ele não precisa saber disso.

- Mas você prometeu. – Disse Amy, encarando Jeff.

Jeff foi até a janela, ergueu a mão e uma pedra bem grande apareceu nela. Rapidamente ele virou e jogou em Gab.
Gab então pegou sua pedra azul e a transformou numa espada. E rapidamente, cortou a pedra no meio.

- Entendo. Você é mais que um espadachim. Você é igual aquele mendigo idiota. – Jeff olhou pra Gab. – Você é a reencarnação de algum ser...

- Hã?! – Gab e Amy falaram ao mesmo tempo.

- Vocês ouviram. Só não sei o que ele realmente é. Pode ser um... Ah, esquece.

- Fale! – Amy gritou.

- Bobagem minha. Só sei que é, porque essa pedra apareceu misteriosamente na vida dele. E por causa da cor de seus olhos.

- Então... – Gab abaixa a cabeça e tenta pensar em algo. – Mas... Eu... Ok. Deve ter razão, minha vida sempre uma caixinha de surpresas.

- Jeff... – Antes de Amy falar, ela foi interrompida por um barulho vindo de seu quarto.

Ela tentou correr até lá, mas Jeff a segurou pelo braço.

- Espera. – Ele disse, olhando pra ela.

Ele tirou do bolso um objeto preto. Parecia um batom. E a entregou.

- O que vou fazer com isso? – Perguntou Amy, olhando pra ele. – Não é hora de eu me maquiar, preciso ver o que aconteceu com meu quarto!

Ele sorriu e disse:

- Algo ruim, use-o quando precisar. – Então ambos caminharam até o quarto.

- Ei! Esperem! – Gab os acompanhou.

Chegando ao quarto, não havia nada de anormal. Apenas um papel com um símbolo negro esquisito. Uma bola negra com uma cruz no meio, com umas linhas se movendo nela.
Jeff pegou o papel amassou, com tanta força que parecia que seus dedos iam escorrer sangue.

- Jeff, o que houve? – Amy perguntou. Assustada.

- Querem saber da minha história? Então aqui vai. – Ele ergueu a mão pro alto e o quarto se desfez, parecia uma gigante tela de cinema. Mas, o que estava passando, não era um filme legal.

Manhattan, 1995:

Era uma manhã de sábado, onde o povo ia tomar banho no mar. Estava tudo legal, ensolarado.

Jeff estava com seu pai, Nicolas K. Lyntters. Ambos no mar, estavam num local onde as ondas eram baixas. Jeff aparentava ter uns sete ou oito anos naquela época.

Tudo escurece, misteriosamente. E um objeto cai em alta velocidade, vindo do céu, uma coisa negra. Um meteoro negro.
Nick puxa Jeff pra perto e o abraça. Talvez ele soubesse que sua hora e a de seu filho iam chegar. O objeto cai em cima de Nick, mas não fere Jeff, que voa pra longe, se afogando. Ele vê apenas uma coisa escura, uma coisa líquida se aproximando enquanto ele se afogava, e tudo se apaga.

Jeff só lembra de ter falado com sua mãe, Katherynne K. Mazzine, numa maca, levado por alguns médicos, pra sala de cirurgia. Mas pra que? Ele não sabe. Não sabe o que realmente aconteceu com ele. Então ele se apaga, novamente.

Aos 10 anos de idade, ele começa a ver imagens estranhas. Uma cruz dentro de um círculo, com linhas se movendo. Ele via isso em todo canto, mas só ele via.
Ele já morava com sua avó, pois a imagem de sua mãe mostrava o dia em que seu pai morreu. No dia que Jeff foi amaldiçoado.

Aos 15 anos, ele já sabia manipular alguns de seus poderes. Ele treinava todos os dias, já matou gente inocente, já ajudou gente, mas sempre enfraquecia quando ajudava.

Um dia ele entrou no seu quarto, pra fazer as malas. Por que ia morar com sua irmã. No quarto tinha vários jornais, de doze meteoros iguais àquele que caiu em Manhattan. Caiu em mais 12 países, no mesmo dia.

Jeff saiu da casa de sua avó e foi direto pegar um ônibus, como gente normal. Ele viu nas cadeiras a mesma marca maldita. Ele não tinha as visto faz muito tempo. Então as ignorou.
Ele se sentou num lugar vazio, longe dos outros. Havia um lugar vago ao seu lado.

Tudo se apaga. Tudo volta ao normal.

Amy ficou de joelhos, quase vomitando.

- Odeio quando você faz isso. – Ela disse. Botando a mão na boca.

- Isso foi... Impressionante. – Gab fitava o nada.

Jeff desconfiava de algo por ali. Assim que ele se virou, olhando pros garotos. Uma explosão aconteceu no lado de fora.

Os três foram olhar pela janela e estava lá. Cinco pessoas, todas vestidas de preto.
Três homens e duas mulheres. Estavam um ao lado do outro, como uma fileira.
Um homem bem gordo, segurando um machado. Uma mulher bem magra, de cabelo vermelho, segurando uma guitarra. Um homem todo encapuzado, não dava pra ver seu rosto. Um cara bem alto, com um martelo gigante na mão. E uma mulher linda, cabelos loiros, mas com olhos negros, usando uma espada bem grande.

O homem encapuzado deu um passo à frente e tirou o capuz. Mostrando seu rosto, era careca, e tinha uma pequena marca na testa. A marca que Jeff via antigamente. A marca de seu passado.

- Dark-Fantasy. – O homem disse olhando pra cima – Foi difícil te achar. Não lembra de mim? – O homem abre um sorriso largo, mostrando seus dentes podres.

Jeff fica imóvel por um momento. Com uma expressão de ódio.

- Claro que eu lembro, Yoshitsune Nagato. - Jeff olhava com mais ódio pra ele.

Continua...

_______________

Bem, eu achei o cap legal \o/ Mas a partir do 4º Cap, terá muita morte, ação, e aventura. Espero que gostem o/

____________
Zeus, the God of Olympus.


Última edição por Zeus em Qua Jan 05, 2011 12:43 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpgem.forumeiros.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 12:37 am

fico mto legal manolo '-' adorei
num vai dizer q eu sou o kra do martélo né ???
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 12:46 am

HUHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU \O\
Eu apareci... HOHO.
Temam o mal crianças, eu sou mt mal. (?) -q
Posta mais Jeff, ta perfeita demais cara. O_O
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 9:41 am

Eu vou ser mais malvado que você! Né Jeff? E EU NÃO QUERO SER GORDO! ú.ú O Jeff falou que eu vou ser demôníaco! YES! Posta mais cara! *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 10:04 am

Weeeee, a Kath e minha mãe T.T
Nossa que tenso -qq
Posta mais ^-^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 10:13 am

Wait Wait, quem é o Pai, eu ou o Chad?

A FIc tá muito boa, posta mais, Manolo! ô/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 6:04 pm

Nuss!! To curiosa pra ler +!!
Continuaaaaaaaaaaaaaaa!! *----------------*
Tá muito boa a História Miguinhuuuuuuuu!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Qua Jan 05, 2011 6:09 pm

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK EURII FIILHO -QQ
EU SOU TUA MÃE EUHEHUEUHEUHE
Amei, posta mais *O*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   Seg Jan 10, 2011 2:40 pm

Menino.. Ops... Papai *--*
Mu-Muito legal!
Coloca eu?
Noossa... o Yoshi do mal nada óbivio não? Revolts o tempo todo
Eu adoguei *--*
Coloca eu aiii Plix *...*
x.x' Espada legal u.u' HSUAHSAUHSUAHSUAHS'
Posta maiss...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: The Power Of Darkness   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The Power Of Darkness
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Crystalline Darkness
» Absolute Power
» Through Darkness
» Requiem Laus - As Long as Darkness Bleeds (Álbum disponível)
» Power Rotel

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Percy Jackson e o Exército Maldito :: OFF TOPIC :: Fã Área :: Fan Fics-
Ir para: